Carrinho

Vivendo e não aprendendo com o IRA!

A década de 1980 nos presentou com um várias bandas e músicos brasileiros que se tornaram históricos. Dentre elas, o IRA foi uma das mais influentes e de maior sucesso em terras brasileiras.

Formada em São Paulo, no ano de 1981, logo o IRA despertou a atenção do público e da crítica, com o seu som misturando elementos do punk rock, sem esquecer dos clássicos como Jimi Hendrix. O primeiro álbum veio em 1985, de nome Mudança de Comportamento, que vendeu 60 mil cópias e já colocou Nasi (vocal), Edgard Scandurra (guitarra), Ricardo Gaspa (baixo) e André Jung (bateria) com um dos principais nomes do rock nacional.

O segundo trabalho de estúdio foi Vivendo e Não Aprendendo, lançado em 1986. A recepção por parte de público e crítica foi excelente, pois muitas pessoas consideram este o melhor disco da banda. As vendas atingiram as 180 mil cópias (apesar de divergência de fontes, que estimam vendas entre 150 e 250 mil cópias) e, por 10 anos, este foi o único trabalho do IRA a conquistar o disco de ouro.

Foi neste disco que a banda nos apresentou sucessos como “Envelheço na Cidade”, “Dias de Luta”, “Pobre Paulista” e “Flores em você, que fizeram enorme sucesso nas rádios pelo país afora. A revista Rolling Stone Brasil fez uma lista com os 100 maiores discos da música brasileira e Vivendo e não Aprendendo ficou na 94ª posição.

   

Loading...
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
Pinterest
Instagram