Carrinho

VITROLAS ALÉM DO TEMPO: BREVE HISTÓRIA SOBRE AS VITROLAS E A INOVAÇÃO

Quem conhece a praticidade de ouvir música pelo celular não imagina que nem sempre foi assim. Outrora, quando a discoteca ainda estava em alta e os globos espelhados ainda eram usados, as vitrolas eram o principal método de conseguir ouvir aquela sua música favorita.

A história começa com Thomas Edison no século 19, o também inventor da lâmpada, que a partir de um fonógrafo, decidiu gravar sons que eram reproduzidos a partir de uma agulha e furos em um cilindro de metal. Mais tarde, Emil Berliner também deu suas contribuições criando o gramofone e criando o som a partir de um disco. Após tantos aperfeiçoamentos, a vitrola foi popularizada e de princípio, era voltada para um público da elite que possuía capital para adquiri-la. Quando enfim se tornou um artigo acessível, o sucesso de vendas começou e com ele, outras variedades da vitrola foram feitas como a Jukebox, por exemplo.

Fonógrafo e Gramofone

O primeiro modelo foi o fonógrafo que consistia em uma caixa onde acontecia a reprodução de sons a partir de um cilindro. Emil Berliner aperfeiçoou a invenção de Thomas Edison em 1887 deixando-a visualmente mais atraente e permitindo que o som fosse reproduzido a partir de um disco plano, dando o nome de Gramofone. 

O tempo e o avanço da tecnologia juntamente com aparelhos como DVD, MP3s e mais tarde, os celulares, alcançaram espaço e foram responsáveis pelo ‘’esquecimento’’ desse artigo e invenção que revolucionou a forma de se ouvir música no século 19 e 20, porém, com moda vintage voltando com tudo, o estilo retrô saiu apenas das calças boca de sino, as atuais Wide Leg e se instalou na música. É cada vez mais comum a utilização da vitrola para além de um artigo de decoração, assim como os discos de vinil, tendo o intuito de tê-la dentro de casa para recordar dos tempos antigos, dando uma vibe nostálgica a cada música ouvida. 

Também com os aperfeiçoamentos feitos a partir das décadas para incorporar novamente a vitrola no dia a dia, modelos mais tecnológicos foram surgindo:

Vitrola toca discos Luminous White & Red 

Vitrolas com iluminação de LED, menores e perfeitas para uma mesa de canto já que não ocupam mais tanto espaço como antigamente e não possuem mais o formato cilíndrico 

Vitrola Toca Discos Princess II – White

 

Vitrolas mais compactas em formato de maleta que permitem maior movimentação para diversos espaços da casa


Vitrola Toca Discos DiamondBlack & Red

E vitrolas definitivamente estilosas que, além de dar um toque moderno e ao mesmo tempo vintage, reproduzem som através de caixinha acopladas permitindo um som mais alto e refinado

Dessa forma, é possível notar que, mesmo com toda tecnologia a disposição, aparelhos como a vitrola ou os discos de vinil não saíram totalmente da cabeça do consumidor que dia após dia busca e faz com que o passado não seja esquecido. 

One thought on “VITROLAS ALÉM DO TEMPO: BREVE HISTÓRIA SOBRE AS VITROLAS E A INOVAÇÃO

Deixe um comentário

Loading...
Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Pinterest
Instagram